nosso objetivo

A maior força que move o MAF é a ação social.

A possibilidade de ajudar os menos favorecidos compartilhando aquilo que sabemos e recebemos é um dos nossos maiores presentes. E é um tesouro para a educação dos nossos filhos. Nosso movimento consiste em dar a volta ao mundo de motorhome fazendo trabalhos sociais com crianças carentes.

Eu, Guacira, de 52 anos e meu marido Gianluca, de 51, trabalhamos com marketing digital e podemos trabalhar de qualquer lugar do mundo, bastando para isso uma conexão com a internet. Temos 2 filhos, a Gabriella de 13 anos e o Gregory de 10 e estamos para mudar radicalmente a nossa vida, vivendo em um motorhome, ensinando e preparando os nossos filhos para a vida, fazendo o nosso trabalho pelo mundo e levando ajuda e voz ativa a quem não tem.

Durante a nossa viagem, que levará cerca de 5 anos, estaremos visitando projetos que trabalham com crianças e oferecendo a nossa ajuda de várias formas, ouvindo primeiro a necessidade de cada projeto. Não faremos trabalhos assistencialistas, mas trabalhos de empoderamento do ser.

Dar voz ativa a quem não tem, ouvindo as necessidades de cada entidade e proporcionando os meios para atendê-las.

Não queremos dar o peixe, pois quem aprende a pescar, nunca mais passará fome. Acreditamos que todos podem mudar as suas vidas, basta querer e ir em busca.

Podemos ser, fazer e ter o que quisermos e sonharmos, independente de onde e como nascemos. Basta acreditarmos em nós mesmos, aproveitar as oportunidades que a vida nos dá e enxergar ou criar oportunidades onde elas parecem não existir.

Para nós, o mundo que iremos deixar para os nossos filhos depende muito dos filhos que iremos deixar para este mundo! Nosso objetivo é visitar projetos já existentes (como os projetos catalogados pelos Caçadores de Bons Exemplos) de pessoas que buscam mudar a vida de crianças, mas não encontram muito apoio e oferecer a nossa ajuda pessoal ouvindo o que eles precisam, bem como girar os holofotes, que estarão voltados para nós, na direção deles, de forma a chamar a atenção da sociedade, empresariado e políticos locais, de modo que após a nossa passagem eles recebam ajuda para dar continuidade aos seus trabalhos. Hoje já ajudamos algumas escolas no Brasil e 1 no Peru, com o nosso trabalho direto (aulas de artesanato que eu ministro e elaboração de sites).

Além disso, estamos criando uma rede do bem, a Rede Mandaramor, que é um banco de dados de voluntários de todos os lugares que queiram disponibilizar o seu tempo para ajudar estes projetos (terapeutas, advogados, profissionais de informática, donas de casa, estudantes, etc…).

Para receber as novidades, por favor, inscreva-se aqui.

Apoio:

MAF logo 300x150

Acesse a Lista de E-mails do MAF!

You have Successfully Subscribed!

wordpress visitor